Raio-xInvestigue todas as características do Fundo Imobiliário desejado

Cadastre-se e acesse tudo sobre DRIT11B - FII MTGESTAO

Dados gerais

Tijolo
Escritórios
10.456.810/0001-00
Rio Bravo Investimentos DTVM
09/12/2008
06/05/2010
Indeterminado
correspondencia@riobravo.com.br
+55 (11) 2107-6600
Paulo André Porto Bilyk
* Tipo e segmento de acordo com os critérios do site ScanFII. Pode não representar o consenso do mercado.

Objetivo

O objetivo do Fundo é a aquisição, exploração e venda de (i) imóveis comerciais; (ii) lajes corporativas; (iii) conjuntos comerciais nos principais centros urbanos; (iv) lojas; (v) participações e direitos sobre empreendimentos imobiliários destinados à atividade comercial; (vi) vagas de garagem; (vii) terrenos, localizados em todo território brasileiro, em especial nos grandes centros urbanos do país, livres e desembaraçados de quaisquer ônus e gravames assim como incluir a possibilidade de o Fundo investir em cotas de outros fundos imobiliários, certificados de recebíveis imobiliários, letras de crédito imobiliário e letras hipotecárias na existência de disponibilidade financeira não aplicadas em bens imóveis ou direitos a eles relacionados.

Taxas

A taxa de administração do Fundo (“Taxa de Administração”), que será paga ao ADMINISTRADOR do Fundo será de 0,25% (zero virgula vinte e cinco por cento) ao ano, sobre o valor total do patrimônio líquido do Fundo, excluída a depreciação, somado o valor que o ADMINISTRADOR deverá pagar ao Escriturador e Honorários de Contabilidade a titulo de remuneração pelos serviços realizados.

Não obstante o acima disposto, a Taxa de Administração deverá ser equivalente a, no mínimo, o piso anual de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), equivalente a R$ 5.000,00 (cinco mil reais) mensais, atualizado anualmente na data base 1° de maio de 2010 de acordo com a variação do IGP-M - Índice Geral de Preços do Mercado, apurado e divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (“IGP-M”).

Os GESTORES farão jus a uma Taxa de Performance equivalente a 15% (quinze por cento) da parcela que exceder a variação do IGP-M, no período, sobre o ganho obtido na alienação de quaisquer imóvel integrante do patrimônio do Fundo, e deverá ser rateada igualmente entre os GESTORES.

Para fins de cálculo da Taxa de Performance, considera-se ganho na alienação dos imóveis a diferença positiva entre o valor pago pelo Fundo na aquisição do imóvel objeto da alienação, corrigido pelo IGP-M até a data da alienação, e o valor a ser pago pelo futuro adquirente na alienação do imóvel realizada pelo Fundo.

Dados financeiros

R$ 133,00(+ 0,38%) (19/04/2018)
5.336,38m²
R$ 56.459.190,20 (14/04/2018)
463.277
R$ 121,87
1,09 (9,13% de ágio)
06/04/2018 (Março/2018)
R$ 2,80 (2,11%)
R$ 11,96 (DY: 8,99%)
R$ 1,00

Performance

+ 4,72%
+ 10,83%
+ 10,83%
+ 15,66%
* Variações calculadas a partir de gráfico não ajustado.